• Semifusa

Talmer Oliveira lança “Ai Quem me Dera”

Primeiro single do músico traz duas canções inspiradas em mestres do Samba brasileiro


O músico, cantor, violonista e compositor Talmer Oliveira, artista residente em Ribeirão das Neves-MG, lança seu primeiro single intitulado, “Ai Quem me Dera”, com as músicas “A Fábula dos Pássaros do Cerrado” e a que dá nome ao trabalho, “Ai Quem Me Dera”. As duas composições são inspiradas nos grandes mestres dos clássicos do Samba brasileiro, como Dorival Caymmi, Adoniran Barbosa, Jamelão, Monsueto, Cartola, João Bosco e Chico Buarque. A música “A Fábula dos Pássaros do Cerrado” foi composta por Talmer Oliveira e escrita por ele e sua companheira Deisy Santos. A temática da canção paira sobre o trágico e o absurdo que é a irresponsável interferência humana sobre a natureza e os animais, desencadeando na destruição da fauna e da flora terrestre, sobretudo, no Cerrado. A música “Ai quem me dera” é inspirada nos tradicionais sambas de breque de teor cômico e social. Na antiguidade, o filósofo Aristóteles afirmou que a comédia era destinada aos homens inferiores, fato reproduzido até nossos dias atuais, no cinema, na televisão e em todas as artes que reproduzem a vida das pessoas humildes como cômica e banal. A proposta da letra dessa canção é de desconstruir essa banalização da vida das pessoas humildes e socialmente excluídas, afirmando suas lutas e vivências. O lançamento é pelo selo Semifusa Ecos, nova iniciativa do Instituto Cultural Semifusa que objetiva a distribuição digital de música com foco em artistas periféricos.


O single será lançado nas plataformas digitais no dia 3 de setembro de 2021, e haverá live no canal do YouTube de Talmer, https://url.gratis/ElPDKQ, às 19h.



Sobre Talmer Oliveira:


O músico e compositor Talmer Oliveira, possui Licenciatura em Música - Habilitação em Instrumento (Violão), pela Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais (2021). Atualmente é graduando do curso de música (bacharelado em violão) pela Escola de Música da mesma Universidade (UEMG). É professor de musicalização, percepção musical, violão clássico e popular, flauta transversal, flauta doce, dentre outros instrumentos. Leciona no Quilombo Nossa Senhora do Rosário de Justinópolis, no projeto “Rebolo” e na Corporação Musical Heitor Villa Lobos, onde é membro desde 2007, tocando flauta transversal. É também integrante da Camerata de Violão, e do grupo de Choro da UEMG. Atua como coordenador do Bloco Trem Di Doido e possui diversas parcerias com músicos e instrumentistas. Talmer faz apresentações em eventos de música popular com voz e violão.


O single é uma ação aprovada via Edital da Lei Aldir Blanc do Ministério do Turismo e do Governo de Estado de Minas de Gerais.




112 visualizações0 comentário