• Semifusa

Noite de Cinema comemora 10 anos de fundação com sessão aberta e circulação pelo interior do estado

Neste domingo (27), a partir das 19 horas, o Coletivo Noite de Cinema realiza uma sessão especial em comemoração aos 10 anos de existência do projeto que promove ações voltadas ao audiovisual nas periferias da capital mineira e pelo interior do estado. O evento será na base do projeto, onde ele surgiu: Rua Ismar Francisco da Silva, nº 24, Bairro Maria Helena.

Será exibido o filme Abdução, do diretor mineiro Marcelo Lin. Na abertura, música com Johnny Kiff.

Desde 2012, o Coletivo Noite de Cinema realiza ações de audiovisual nas periferias da região metropolitana e estado de Minas Gerais. Ao longo dos últimos dez anos, foram mais de 40 mil expectadores em sessões e ações realizadas pelo Coletivo.


“É difícil comentar essa história sem se emocionar. Nosso primeiro evento aconteceu no dia 31 de janeiro de 2012, em uma quinta-feira, um dia que acabou chovendo. Foi uma iniciativa com o apoio da minha família e dos moradores da região, quando estendi um lençol branco, consegui as cadeiras emprestadas em um bar e um projetor emprestado. A gente alugou um filme dos Trapalhões em uma locadora que havia no bairro e realizamos a primeira sessão do Noite de Cinema”, relembrou o fundador e coordenador do projeto, Oderval Júnior.

Dez anos após esse início improvisado, o Coletivo foi adquirindo uma estrutura que permite a realização dos eventos em espaços abertos à comunidade. “De lá pra cá, foram muitas vivências, muitas situações legais e difíceis, até relativas à estrutura mesmo. Em 2016, a gente adquiriu a estrutura de telão inflável e equipamento de som, que permitiu a nossa evolução. Além das parcerias e editais, que permitiram que nosso trabalho se desdobrasse e chegasse a mais pessoas, de forma gratuita. A gente foi adquirindo essa prática e, hoje, somos uma referência para esse tipo de atividade sociocultural na região metropolitana”, explicou Oderval.


Primeiro evento em 2012


Hoje, o Coletivo Noite de Cinema é uma associação sem fins lucrativos, que atua na região da divisa entre Venda Nova e Ribeirão das Neves. A sede fixa, o Cine Teatro Popular, localizada em Justinópolis, é o local de reunião dos membros e realização de diversas ações culturais.


No próximo mês, haverá uma circulação pelo interior do estado, com o projeto Cine Clube Social. Serão realizadas oficinas gratuitas de introdução ao audiovisual e mostras de filmes em dez cidades do interior mineiro. A circulação do projeto começa no dia 31 de março e vai até 30 de abril.




8 visualizações0 comentário