• Semifusa

Vida cotidiana inspira nova coreografia do Grupo Gestos de Dança

Uma mistura de estilos hip hop, house, popping, locking, jazz e contemporâneo, samba e capoeira. A coreografia criada pelo bailarino Breno Igino, diretor do Grupo Gestos de Dança, surgiu para mostrar a necessidade de como passa despercebida alguns momentos de nossa vida, e o que acontece de importante e que marcam a história de cada indivíduo e de formas diferentes se dá o rumo e a trajetória de vida de cada pessoa na sociedade.

No novo trabalho, 8 bailarinos se revezam no palco. Moradores de Ribeirão das Neves entre 18 e 30 anos, eles abordam as diferenças e aspectos vividos por cada um levando pra dentro do espetáculo sentimentos próprios ou experiências próximas a eles como moradores de periferia, dando um toque de veracidade ao espetáculo.


Além do cuidado com a veracidade das histórias no palco, o diretor Breno Igino, ressalta que o projeto está sendo construído nos moldes que atenda a vários ambientes, "Não queremos ficar limitado somente a teatros, podendo ser apresentado também em praças, escolas e espaços culturais", salientou.

Nakho significa vivências na língua zulu que é uma das 11 línguas oficiais da África do Sul, sendo falada principalmente na província de KwaZulu-Natal, não apenas pela população de etnia zulu, mas também por grande parte da população de origem asiática e européia residente nesta província.

Fala do conhecimento adquirido através da experiência vivida. Não é lido, não é contado, é experimentado, fato de viver, de ter vida e existência. Um processo psicológico consciente no qual o indivíduo adota uma posição de valor, que não é apenas passiva e emocional, pois inclui também uma participação intelectual ativa.



Fotos: Divulgação Gestos Grupo de Dança.

O processo criativo vem sendo desenvolvido desde março de 2017 e o desenvolvimento do espetáculo se dispôs a formular um enredo com trilhas e poemas sonoros baseadas na história de vida dos personagens vividos durante o espetáculo. Com origens bem peculiares e humildes o Gestos grupo de dança busca inspiração para as coreografias em histórias contadas por amigos e documentários que falem de histórias de comunidades que se superaram e venceram de alguma forma na vida.


Grupo Gestos de Dança

O grupo foi criado em 2003 e completa 16 anos de estrada em 2019, sempre com intuito de promover a cultura Hip Hop em Ribeirão das Neves e pelo Brasil a fora.


Ficha técnica


Diretor e coreográfo: Breno Igino Bailarinos: Luiza Doche, Cristopher de Paula, Jeysiane Coimbra, Felipe Pereira, Leka Pádua, Wagner dos Santos, Rafael Ribeiro e Ivo Igino.

Contatos para shows: (31) 9 8803-4641 Facebook: Gestos Grupo de Dança



42 visualizações
  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Twitter Branco

Receba nossas atualizações