• Semifusa

Poesia distribuída na cidade

Poesia Postal, este é o mais novo projeto do poeta e fotógrafo nevense Rodolfo Ataíde. A proposta é distribuir poesias impressas em cartões postais na cidade de forma aleatória em diferentes regiões do município.


O autor busca novos formatos mais inclusivos e acessíveis para distribuição dos textos. Com isso espera atingir, de forma inovadora, leve e adaptada à realidade local, público comumente não leitor de poesias .



Os postais em sua essência são compostos por imagens, por isso, permitem que o autor una duas linguagens tão presentes em sua vida: a fotografia e a poesia. A união de imagens e palavras abre margem para novas reflexões e impressões dos leitores e leitoras sobre as obras.


O primeiro poema distribuído chama-se “Os Barcos”. O texto narra uma das primeiras memórias afetivas do autor em Ribeirão das Neves, trata-se de uma brincadeira de criança muito comum no bairro de sua infância. A partir desta brincadeira conheceu novos amigos e acelerou sua adaptação na nova casa. Com o texto também é possível refletir sobre a realidade do município no início dos anos 90, as condições de saneamento básico e as formas de vida da população da época.


O texto será lançado exatamente 30 anos depois da lembrança, pois marca a data do aniversário do autor e o dia em que chegou a Ribeirão das Neves:16 de janeiro de 1991.

Para conhecer mais sobre Rodolfo Ataíde acesse sua página no instagram: @rodolfo_ataide




2 visualizações0 comentário
  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Twitter Branco

Receba nossas atualizações